quinta-feira, 14 de novembro de 2013

14 de novembro dia da alfabetização






Dia 14 de novembro é o dia nacional da alfabetização. Instituído em 1966, o dia escolhido homenageia a data da criação do Ministério da Educação e Cultura, em 1930.

Sabemos que a alfabetização é um processo contínuo e que há vários tipos de alfabetização (e vários analfabetismos…) em diferentes sistemas de comunicação. No entanto, hoje é um dia para lembrarmos com mais atenção desse processo fundamental para o desenvolvimento crítico pleno de cada cidadão, e refletirmos sobre a importância passar essa habilidade adiante.


Embora nossa história recente seja marcada por muitos avanços, é de se lamentar que o país ainda tenha cerca de 14,1 milhões de analfabetos entre a população com mais de 15 anos, sendo cerca de 10 milhões em faixa de idade plenamente ativa, entre os 25 e os 50 anos de idade, conforme os indicadores da PNAD.
Essas pessoas estão impedidas de exercer a sua cidadania, de obter melhores opções de trabalho, de usufruir condições de vida e moradia mais dignas, de reivindicar seus direitos. No âmbito familiar, perdem a oportunidade de acompanhar a vida escolar dos seus filhos.
A maioria dos analfabetos brasileiros vive em áreas rurais e, a despeito da distância do seu cotidiano, não é difícil imaginar que a eles o que mais importa é a sobrevivência. Acostumados a lutar por ela, não lhes sobrou tempo para o resto e, nesse cenário, a alfabetização resume-se a isso.
Especialistas em educação avaliam que entre os adultos a resistência ao estudo e a baixa autoestima são as principais barreiras à alfabetização, por mais que esse seja um direito garantido pela Constituição.




Nenhum comentário:

Postar um comentário